terça-feira, agosto 18, 2009

O Resumo de 2 meses no Québec

Amigos de Jornada,

Em 17 de Agosto de 2009 completamos dois meses de Québec, e muito já aconteceu mas ainda há muito por acontecer, mas o engraçado é que as vezes temos a impressão que faz mais tempo que estamos aqui e ao mesmo tempo parece que chegamos ontem, mas pelo que temos visto essa é uma sensação normal.
Graças à Deus tivemos a sorte de chegar e já ter um lugar definitivo para ficar, nada de procurar por apartamento, isso fez uma grande diferença. Quem puder fazer nós recomendamos pois a gente chega muito cansado e é muito bom saber que uma coisa bem importante já está resolvida.
Agora é importante que se tenha alguém já por aqui que possa ver o local de perto, porque muitas vezes as fotos não passam a exata idéia do que a realidade é.
No que diz respeito a documentação, tudo foi providenciado já nos primeiros dias, primeiro fomos providenciar o Assurance Social, na sequencia o Assurance Maladie, depois providenciamos a tradução das carteiras de motorista.
Por incrível que pareça nosso rendez-vous foi depois de termos providenciado nossa documentação, aliás aconteceu uma semana depois que chegamos, tem todas as informações necessárias para que se possa iniciar a vida por aqui, além de também já se receber a papelada para fazer a inscrição na francisação.
A Ro e o Filipe devem começar a francisação em Setembro, eu optei por não fazer acheir melhor já ir atrás de um trabalho uma vez que chegamos aqui com as finanças bem limitadas, dessa forma fui fazer a oficina do Emploi Québec aqui em Laval. Posso dizer que é excelente pois assim que cheguei aqui enviei diversos currículos para vagas que se enquadravam ao meu perfil, mas não obtive um retorno sequer. Depois da oficina, com o currículo adequado aos padrões do Québec as coisas mudaram radicalmente, comecei a ser chamado para entrevistas, receber e-mails, enfim a coisa foi pra frente e finalmente no dia 11/08/09 fiz uma entrevista e no mesmo dia comecei a trabalhar, aliás fiz a entrevista foi de manhã e a noite comecei trabalhar, meu turno é na parte da noite, pra mim sem problemas pois meu corpo já está habituado devido meu último trabalho no Brasil que era durante a noite.
A cidade - Laval é um lugar muito bom para se viver, mas é importante que se esteja próximo às estações de metro ou com fácil acesso à elas, caso contrário fica difícil para ir a Montréal, e mesmo que se consiga um trabalho aqui às vezes é necessário ir até Montréal, ou seja enquanto não tenha carro é melhor estar em locais de fácil acesso.
Nossas primeiras impressões no geral são muito boas, apesar de algumas coisas não serem exatamente o que a esperávamos ou talvez nossas espectativas fossem muito grandes.
Um coisa importante, antes de fazer qualquer contrato com telefonia e internet fique de olho nas taxas de ativação e nas entrelinhas do contrato, nós fizemos um pacote com a Bell que supostamente era perfeito, 3 telefones gratuítos, internet de 7 mega com modem sem fio, e por um valor muito atraente, entretanto minha primeira fatura veio mais do que o dobro do que deveria ser, e por que? Devido as taxas de ativação de cada um dos telefones que foram de $35,00 cada aparelho, mais taxa de ativação da internet e aluguel do modem. Na hora da venda ninguém vai te falar sobre isso, a vendedora somente nos falou do valor mensal e em nenhum momento mencionou taxas de ativação ou qualquer coisa do genêro, então não vacile, mesmo que tome um certo tempo, antes de assinar o contrato e fechar o pacote leia direitinho o que está no contrato para não ter surpresas desagradáveis com nós tivémos.
Limpeza das vias públicas - Não é o forte de Laval e mesmo em alguns lugares que conhecemos em Montréal - ruas com lixo no chão e muitas, mas muitas pontas de cigarro também, o povo daqui fuma muito.
Outra coisa que reparei, quando cortam grama nos canteiros centrais e laterais das vias públicas os responsáveis não utilizam aquela tela de proteção para evitar que a grama cortada caia na rua, eles não estão nem ai pra isso, cortam a grama, largam o que sobrou na rua mesmo e assim fica até o vento ou a chuva levar.
Em contrapartida o sistema de transporte público é excelente em todos os sentidos, ônibus novos e que chegam no ponto no horário marcado, às vezes com pequena variação de minutos. O metrô apesar de ter trens bem antigos (e com pneus!rsrs) é muito eficiente e corta praticamente toda a cidade de Montréal. Em Laval temos três estações: Montmorency, De La Concorde e a estação Cartier, por serem bem novas essas estações estão impecáveis.
Custo de vida no geral - Nesse aspecto é importante distinguir dois períodos, quando se chega aqui gastando ainda Reais convertidos em Dolar Canadense e quando se passa a receber aqui em Dolares Canadenses dispensando qualquer conversão.
Nas primeiras semanas ou meses que se usa o dinheiro Brasileiro tudo é muito caro, óbvio!
Mas ao analisarmos a realidade local pode-se dizer que no geral os genêros de primeira necessidade tem preço muito acessível. No mercado fizemos compras muito boas sem gastar horrores. Roupas e sapatos, pode-se encontrar desde o mais "baratinho" até as marcas miraculosas e caras, mas que mesmo assim não são tão caras como no Brasil. Que tal pagar $120,00 num tênis Nike que não sai por menos de R$ 800,00 no Brasil? Ou ainda uma polo da La Coste pela bagatela de $ 35,00!
Ou seja tem de tudo para todos os gostos, estilos de vida e mais do que tudo, todos os tipos de bolso!
Resumo da ópera - Dois meses não são nem de longe suficientes para se ter uma idéia completa de imigração, entretanto já dá para imaginar o que vai ser a coisa daqui pra frente, dizer que estamos arrependidos, de jeito nenhum! Que vamos voltar para o Brasil? Não dá pra afirmar com certeza, mas os prognósticos são muito mais favoraveis a ficar aqui de vez e só voltar ao Brasil para rever a família e os amigos.
Muito importante - A gente vê nas estatísticas da Immagration Québec que os valores necessários para a sobrevivência nos primeiros meses são meio insólitas. Por exemplo no nosso caso, uma família de quatro pessoas, de acordo com o Ministério de Imigração do Québec $6.500 (Dolares Canadenses) seriam suficientes para os primeiros três meses aqui.
Entretanto quem fizer isso estará cometendo SUICÍDIO! Não há a menor possibilidade de se viver com 4 pessoas por um período de três meses com esse valor. A Fernanda ficou no Brasil, ou seja estamos por enquanto em 3 pessoas, os gastos são muito no começo, tem muita coisa pra ajeitar e o mais importante, tem aluguel e contas pra pagar.
Por isso fica uma dica, se de repente você tenha possibilidade e tempo hábil para juntar mais dinheiro no Brasil, faça! Traga o máximo que puder, nunca venha com o mínimo estipulado pelo Québec ou vai se ver em maus lençois. Nós levamos um susto bem grande, então fique atento!
Ah, outra coisa que queria mencionar aqui, o seguro saúde GTA é de fato muito bom, o Filipe precisou de médico por causa de uma alergia, no mesmo dia conseguimos e só desembolsamos para comprar os remédios, mesmo assim a GTA vai nos devolver. Então somos mais uma família a recomendar esse seguro.
Gente, é isso por enquanto mas nós vamos escrevendo, ok?
Muito obrigado a todos que nos mandam e-mails e deixam comentários no blog! Desculpem se ainda não respondemos tudo, mas fiquem à vontade para insistir, ok? rsrs
Um grande abraço à todos!
Ricardo

12 comentários:

Juba e Dea disse...

É, realmente é uma unanimidade entre os imigrantes, ir com mais dinheiro que o estipulado!

Ficamos felizes das coisas estarem se ajeitando.

Estejam sempre postando, nos dando dicas :):)

grande abraço para vocês
dea e juba

Fernanda disse...

Que legal que está tudo dando certo aí. Quanto ao CV, realmente, precisamos fazer nos moldes daí. Já enviei vários CVs, mas ninguém me chamou ainda. Então hoje passei em um centro de ajuda para imigrante e a agente d'emploi refez meu CV inteirinho, vamos ver se agora vai rsrsrs.

Ainda não consegui fazer esse curso preparatório para o mercado de trabalho. Na próxima semana vou fazer o curso sobre a cultura quebequense, vamos ver se consigo fazer esse curso do mercado de trabalho logo :-)

E concordo totalmente, o valor estipulado pelo Governo é muito abaixo da realidade.... Eu mesma aluguei um lugar barato para viver e estou tentando economizar ao máximo, mas mesmo assim os gastos são bem altos. Se eu tivesse trazido o mínimo iria viver embaixo da ponte antes dos 3 meses rsrsrs

Abraços
Fernanda

Jeison e Susana disse...

Olá...

Que bom que tem dado tudo certo por ai...
Não vemos a hora de pisar neste solo, mas por enquanto, nos deliciamos com os post de vocês, nossos amigos que já estão ai...

E realmente, mesmo nós que estamos aqui, só de montar a planilha de custos, já dá pra perceber logo de cara que aquele valor é ridículo, não da pra nada...

Abraços

Ate +

Celso - Brasilia disse...

Félicitations par ton Job,c'est une grand conquête pour les nouveaux arrivants au Québec, tellement une victoire. Je pense que mon désir a se realisé. Nous vous souhaitons en plus beaucoup de succès dans la nouvelle vie à Montréal.

Celso & Familia

Olhares e Lentes disse...

Fico muito feliz em saber que tudo está encaminhando bem pra vcs!
Não esqueçam de nos avisar, caso venham pra Ville de Québec!
Beijos!

Fabiane Camargo disse...

Ricardo, nós agradecemos você ter postado em detalhes, suas primeiras impressões do Québec. Vocês não tem idéia de como isso nos ajudará :)

Um gde abraço
Fabiane e Cleber

Alberto disse...

É isso ai e Boa Sorte!!!

Tava lendo e minha esposa e eu também fomos trabalhar em hotél nos EUA como J1. Seu trampo é em hotel? Se for melhor ainda saber que estão contratando!!!

Continuem assim!!!

Bea disse...

Oi pessoal,

parabéns pelos 2 meses. Parabéns pelo emprego. 2 meses e já com um emprego é muito bom né? Parabéns!!

Abraços,

Bia.

Maiasantos disse...

Oi.. chegamos no mesmo dia que vcs aqui em Montreal..a gente se contactou por email antes mas no dia nao nos encontramos... entao estamos aqui nas mesmas descobertas, aperreios, anseios, etc nova jornada com muita coragem pra vencer os obstaculos! Estamos em Rosemont, em Montreal... tb utilizamos o GTA e fomos bem atendidos, mas como receber o valor dos medcamentos comprados? é possível? Bom... boa sorte na nova empreitada e parabens pelo emprego!!
Raquel e Anercio
quelom@gmail.com

Ilha e Bibi disse...

Ricardo, legal o pst de vcs. A princípio o valor estipulado pelo escritório de imigração é surreal. Estive por um mes em montreal e verifiquei o mesmo que vc. Legal saber que mora em Laval, pois é onde escolhemos morar tb.

Abraços,
Ilha.

Rodrigo disse...

Olá boa tarde!

Você pode me passar como foi o esquema de sair com algo já alugado do Brasil. Acho que 1 em cada 100 imigrantes que vão para aí conseguem algo semelhante.
Parabéns !

Estudo também na École..e a entrevista será dia 01/10 agora!!
Rodrigo

Jacques Santos disse...

Tem que fazer prova de proficiência na língua francesa aqui no Brasil para poder ter o work permit?