sábado, novembro 21, 2009

Noite de Caipirinha!

Amigos de Jornada,
Então, nessa sexta-feira tivémos o prazer de receber em casa nossos queridos amigos Nilson e Erika para uma noite de descontração regada à caipirinha, isso mesmo a boa e velha caipirinha que nós há pelo menos 5 meses não tinhamos o prazer de saborear.
Entretanto para que pudéssemos desfrutar da autêntica caipirinha era necessário encontrar cachaça brasileira, dessa forma fomos até a SAQ de Duvernay e encontramos a brasileirissíma Sagatiba Pura e para completar também compramos uma garrafa de sake japonês.
A encarregada de preparar foi a Rosangela, aliás essa é das muitas coisas que ela sabe fazer muito bem, tudo bem que eu sou suspeito para falar, mas não estou exagerando. Bom, além da tradicional caipirinha feita com limão a Ro também preparou Sagatiba com Kiwi e depois Sake com Kiwi, ficou muito bom!
Foi uma ótima noite porque pudémos conversar bastante e desfrutar da companhia de amigos queridos. Mais tarde chegou a Babi para completar a turma e a coisa ficou melhor.
É muito bom podermos compartilhar bons momentos, descontrair um pouco e rir muito, especialmente depois de algumas caipirinhas, ah tudo fica mais divertido!!!

E para finalizar seguem algumas fotos dessa noite muito boa!



Sagatiba Pura



Nilson e a primeira "amostra" de Sagativa com Kiwi



Aqui a turma reunida - Nilson, essa latinha de coca-cola na mão não convenceu não!!rsrs


E nesta foto uma "Sakerinha" de Kiwi - hummm!!

Muito meus amigos por hoje é isso, um grande abraço à todos e até logo mais.
Ricardo e Rosangela

domingo, novembro 15, 2009

5 Meses de uma nova vida!

Amigos de jornada,
E aqui vamos nós completando dia 17/11/2009, cinco meses que chegamos ao Québec, cinco meses de um renascimento, de uma nova vida literalmente falando.
Se começar já é difícil, imaginem recomeçar uma vida, deixar para trás muitas coisas, deixar pessoas as quais se ama muito, enfim é um processo lento e doloroso.
Porém esse recomeço nos trás novas coisas, novas experiências, nos deixa experimentar novos sabores, conhecer novas pessoas e fazer novos amigos, nos deixa sentir novas sensações tão interessantes e mais do que tudo nos permite sonhar muito além do que antes nós poderíamos!
Se algumas vezes pairou a dúvida sobre se de fato tomamos a decisão acertada, em seguida a gente já percebeu que sim, essa foi a decisão mais certa de nossas vidas nos últimos tempos, sem sombra de dúvidas.
Dificuldades, ah elas sempre aparecem para tentar nos desânimar, mas graças à Deus estar nessa terra abençoada nos trouxe um fôlego extra, nos encoraja a arriscar mais, a acreditar mais em nosso potencial e com isso as tempestades não mais nos assustam tanto quanto antes nos assustaram.
Muita coisa ainda está por acontecer, há muito o que resolver sobre nosso futuro, mas de uma maneira mais suave nós podemos ponderar sobre tudo.
Tudo vem acontecendo do jeito certo para nós, começando pela cidade, Laval é simplesmente muito melhor do que imaginávamos, tem a tranquilidade que há muito tempo buscávamos mas sem perder o conforto de ter tudo perto de nós, porque na região que moramos temos absolutamente de tudo e ainda por cima estamos literalmente grudados em Montréal que é uma cidade fantástica e especial, ou seja sempre que queremos vamos pra lá rapidinho. Depois veio meu "survival job" que chegou na hora certinha, numa empresa ótima e que ainda por cima pode me proporcionar uma melhora profissional ali mesmo.
A francisação da Ro e do Filipe, estou impressionado com o desenvolvimento dos dois, especialmente do Filipe que nunca havia estudado Francês na vida e que quando chegou aqui era surdo e mudo para o idioma, agora eu o vejo falando no idioma e entendendo os outros, estou muito feliz com essa conquista dele, muito mesmo! A Ro por sua vez, que antes sentia-se acoada para falar agora se solta e está se virando muito bem também.
É como eu sempre digo, a francisação não é só estudar francês é um processo de integração do novos imigrantes e a programação que o MIC tem é simplesmente perfeita, hoje mais do que nunca posso dizer que a francisação funciona muito e que é muito bem estruturada, quem vem pra com o francês fraco não deve perder essa oportunidade, sem contar que ainda tem a bolsa que o governo oferece, ou seja só há boas razões para se fazer a francisação.
Passar a viver num novo país, sentir as mudanças climáticas mais fortes, descobrir novos sabores, conhecer novas pessoas, descobrir novos caminhos, enfim a imigração é algo fantástico mesmo, difícil mas fantástico.
Para finalizar, dificuldades, decepção, frustração, tristesa e saudades fazem parte também desse processo de transição, óbvio! Mas quando olhamos para o horizonte e respiramos o ar daqui parece que tudo toma outra forma e assim novamente estamos prontos para mais alguns "cinco meses" de Québec.
Como de costume no final ficam algumas fotos com legendas de alguns momentos muito bons desses cinco meses de uma nova e promissora vida.



Ro e Ri - no auge do verão num lugar maravilhoso pertinho de casa.


Aqui com nosso amigos peruanos num dia incrível de churrasco e muito bate-papo


Aqui foi em Montréal - dia do show do Ben Harper
Da equerda para direita, Gina, Erika, Nilson, Ro e Ri

Depois de tantas vezes termos visto fotos do Mont Royal, temos nossa própria foto lá!


Ri e Ro num dia lindo de sol no nosso local favorito aqui em Laval!


Aqui com nossa família Colombiana!
Da esquerda para direita, Estevão, Monica, Santiago, Nicolas, Luis Miguel, Ro e Ri.


Aqui a turma da Francisação no Montmorency da Ro e do Filipe!


Na frente da nossa janela da sala - as árvores majestosas e verdinhas no verão


As mesmas árvores só que no ínicio do outono, amarelas e lindas!
Hoje elas estão "peladinhas" tadinhas!

Nosso primeiro Halloween - aqui uma casa enfeitada - Montréal


A nossa filhotinha curtindo o outono!
A Pichu se adaptou muito bem ao novo país, graças à Deus!
Agora as últimas fotos eu dedico à aqueles que dizem que no Québec não vai se encontrar coisas que temos no Brasil, no caso aqui são três exemplos de carros bem conhecidos nossos! hahaha! Mas eu não quero comprar nenhum deles não!!! hahaha

Sim, um bom e velho Fusquinha!! Tem aqui!! rsrs


Ok, quer um Voyage, tem também! Aqui ele veio com o nome de Fox!


E pra fechar com chave de ouro, isso mesmo um Kadett.
Aqui era vendido pela Pontiac com nome de Le Mans.
É isso ai amigos, mais uma vez agradecemos à todos que tem nos dado força aqui no Québec e a todos que nos escrevem sempre!
Um beijo muito grande para todos, do fundo do coração!!!
Ricardo