quinta-feira, março 03, 2011

Sinal de vida de Laval!

Amigos de Jornada,
Faz muito tempo que não escrevemos aqui no blog, bom sabe como é, a gente já não tem tanta novidade em relação às coisas sobre imigração, então deixamos essa tarefa para a galera que está com as informações quentinhas publicar, afinal as informações serão muito mais corretas.
Também não vamos aqui ficar fazendo blog notícia, não vamos ensinar a cozinhar, a andar de bicicleta e nem tão pouco vamos fazer blog polêmica só para ficar recebendo visitinhas para contar para outros quantas pessoas clicam ou para ficar travando discussões desnecessárias e ofensivas e nem vamos criar personagens, ok?
Outra coisa que realmente nos levou a deixar também o meio virtual um pouco de lado foi um sério problema de saúde que eu, Ricardo, tive que enfrentar no final de 2010, aliás vou aproveitar a oportunidade e mais a frente falar do sistema de saúde do Québec, que pra mim funcinou maravilhosamente bem, graças à Deus!
Temos recebido muitos e-mails do pessoal perguntando sobre Laval, sobre o mercado de trabalho, enfim muita gente que acabou ficando sem resposta devido ao problema que mencionei acima, mas prometo à todos que pouco à pouco vamos retomar as coisas e assim vamos continuar recebendo e-mails com todo prazer e vamos responder cada um com muito mais prazer ainda, assim fica também uma oportunidade de fazer novas amizades, afinal ao contrário de algumas poucas e infelizes pessoas, nós queremos sim estar em contato com os BRAZUCAS, queremos sim compartilhar bons momentos, trocar idéias, ouvir e contar estórias sobre a imigração, afinal somos todos Brasileiros e acima de tudo somos SERES HUMANOS e como tal não podemos viver isolados, de jeito nenhum.
Bom, agora quero aproveitar para falar de algo que agora tenho muita propriedade para poder falar, o sistema de saúde do Québec.
No segundo semestre de 2010, por volta de Julho, devido a uma sinusite fui procurar a clínica local, também conhecida como CLSC, a primeira vez fui sem marcar hora, tive que esperar por volta de duas horas e meia. Entretanto quando atendido a médica foi muito competente e pediu alguns exames, os quais realizei em questão de poucos dias e dessa forma em poucos dias também voltei a clínica com os resultados em mãos.
Dessa forma tendo o diagnóstico médico comecei meu tratamento com antibióticos para então me livrar da bendita sinusite que estava me matando.
Devido ao fato de o tratamento não ter surtido um efeito muito significativo, acabei voltando à clínica aonde me receitaram novos medicamentos por mais 10 dias. Dessa vez não houve nenhuma melhora do quadro e com isso fui encaminhado a um especialista otorrino.
A consulta foi marcada para coisa de poucos dias depois, quando cheguei na clínica a médica que me examinou viu que o caso era um pouco mais complexo do que parecia e dessa forma fui encaminhado para um médico, dessa vez um otorrino cirurgião.
Agendei uma série de exames que a médica pediu e marquei a consulta com o cirurgião, sendo assim dia 20 de outubro de 2010 fui visitar o tal médico, que ao analisar os exames e me examinar detectou um problema muito sério e dessa forma tive que fazer mais exames para de fato constatar o problema com exatidão.
Em 03 de novembro de 2o10 tive a confirmação do diagnóstico médico, com isso o meu médico já agilisou tudo e disse que no máximo em 15 dias eu passaria por uma cirurgia.
De fato tudo aconteceu muito rápido, dia 09 de novembro fui internado no hospital Sacré-Coeur para os preparatórios da cirurgia e com isso dia 11 de novembro fui operado, uma cirurgia que durou 7 horas, pois é.
Depois da cirurgia tive uma série de procedimentos a seguir e também tratamentos para garantir o resultado da operação. Nesse meio tempo tive alguns contratempos e tive que ir a urgência do hospital, sempre atendido com prontidão e eficácia.
Então amigos, o quero deixar claro é que o sistema de saúde tem suas falhas, claro que tem, mas quando a situação é complicada, quando o caso é sério não tem falha, o sistema funciona rápido e te oferece recursos de última geração, eu passei por tantos exames, tantos procedimentos que com certeza se eu estivesse no Brasil, mesmo com assistência médica particular, me custaria mais tempo e demandaria uma série de pedidos de autorização para realização dos mesmos.
Por isso sou muito grato ao sistema de saúde do Québec, aos médicos, aos enfermeiros, enfim à todos que me auxiliaram e ainda continuam me auxiliando numa etapa tão complicada da minha vida.
Ah tá, alguém ai vai falar dos casos que não são graves, que o tempo de espera é grande, que isso, que aquilo...
Então tá, ai vai outro exemplo, há alguns dias atrás uma amiga muito querida nossa estava mal, sentindo dores fortes, enfim tinha que ir para o hospital. Chegamos as 23:30hs no hospital, ela foi atendida somente quase 5 horas da manhã, a espera foi enorme e cansativa, entretanto, porém, todavia, ao ser atendida os médicos pediram simplesmente todos os exames necessários para dectar o problema, ou seja no mesmo dia ela passou por tomografia, fez exames de sangue, exames de urina e tudo mais o que foi necessário para descobrir o problema.
Resultado, ela foi para casa com a certeza de que tudo estava bem, pois no fim das contas acabou fazendo um check-up.
É por essas e outras que cada vez mais estamos muito felizes por estar no Québec, é como eu disse, infelizmente nem tudo é perfeito, as vezes não encontra um médico brastemp, mas no geral a coisa é boa, graças à Deus!
Bom, para quem não escrevia faz tempo eu exagerei! rsrs
Deixo vocês meus queridos, agradecendo ao carinho de sempre, as visitas no blog e aos e-mails, por favor continuem, ok?
Aproveito a oportunidade para agradecer um bando de BRAZUCAS que me deram uma força tremenda no período mais difícil da minha vida, aliás continuam me dando muita força e carinho, isso eu NUNCA vou esquecer, NUNCA! Ah tem também uns COLOMBIANZUCAS, PERUANZUCAS, PAKISTANEZUCAS, ITALIANZUCAS, QUEBECZUCAS que JAMAIS vão sair do meu coração, jamais vão sair de minhas orações e que haja o que houver podem sempre contar comigo, SEMPRE!
Um beijo muito grande pra todos!
Ricardo - Um Brazuca renovado e mais Brazuca do que nunca! Mas de coração Quebecois! Merci!